O avançado Gonçalo Ramos, titular no lugar de Cristiano Ronaldo, marcou hoje o 56.º golo de Portugal em fases finais do Mundial de futebol de 2022, ao inaugurar o marcador face à Suíça, em Lusail.

Aos 17 minutos do último encontro dos ‘oitavos’ do Mundial2022, o jogador do Benfica recebeu na área um passe de João Félix, e, sem grande ângulo, ‘fuzilou’ Yann Sommer de pé esquerdo, fazendo a bola entrar junto ao ângulo superior direito. O guarda-redes suíço ficou a ver.

Gonçalo Ramos, que ´so tinha jogado dois minutos no primeiro jogo (3-2 ao Gana) e oito no segundo (2-0 ao Uruguai), acrescidos de descontos, apontou o seu segundo golo na seleção ‘AA’, ao quarto jogo.

O avançado ‘encarnado’, de 21 anos, estreou-se na seleção lusa no único jogo de preparação para o Mundial de 2022, tendo marcado o terceiro golo numa goleada por 4-0 face à Nigéria, em Alvalade, em 17 de novembro.

No Mundial2022, Portugal soma agora sete golos, sendo que já tinham faturado Bruno Fernandes, único com dois, Cristiano Ronaldo, que se tornou o primeiro jogador da história a marcar em cinco edições, João Félix, Rafael Leão e Ricardo Horta.

A seleção lusa não esteve nas primeiras sete edições do Mundial (1930, 1934, 1938, 1950, 1954, 1958 e 1962), para, na estreia, em 1966, não necessitar sequer de um minuto para conseguir um golo.

Em 13 de julho de 1966, no Estádio Old Trafford, em Manchester, José Augusto marcou o primeiro tento face à Hungria, que Portugal venceu por 3-1.

Nessa primeira presença, Eusébio, que só não faturou na estreia, marcou nove golos, que lhe deram o título de melhor marcador da prova e o fazem ser ainda, 56 anos depois, o ‘rei’ dos goleadores lusos em Mundiais.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.