O capitão da selecção espanhola não se coibiu de mostrar todo o seu amor pela namorada, a jornalista Sara Carbonero, da TeleCinco, no momento em que esta o entrevistava logo após se ter sagrado campeão do Mundo.

"Foi espontâneo, somos como todo o mundo, normal, da rua", declarou o guarda-redes à rádio espanhola "Cadena Ser".

A jornalista, apanhada de surpresa, só teve tempo de suspirar “Madre mia”, enquanto Casillas sai sob aplausos das várias pessoas que estavam presentes.

Este momento ficará, com toda a certeza, na história do Mundial da África do Sul, num gesto enternecedor e muito espontâneo que encerrou da melhor forma a prestação do guardião de La Roja.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.