A Espanha pode ser a primeira selecção a perder o primeiro jogo e a sagrar-se campeã do Mundo. Diante da Suíça, a 16 de Junho, a Espanha, em quem todos apostavam que levantaria a Taça, perdeu por 1-0 e fez tremer quem apostava em "La Roja".

No entanto, depois disso, a equipa de del Bosque fez o que todos esperavam e bateu todos os adversários seguintes, sendo que o resultado mais gordo foi contra as Honduras, por 2-0. Na luta pelo primeiro lugar do grupo, "arrumou" o Chile, por 2-1.

Nos "oitavos" foi o carrasco da Selecção Nacional, com Villa a marcar o único golo da partida. Resultado idêntico verificou-se frente ao Paraguai e esta noite frente à Alemanha. Apesar dos números pouco gordos, David Villa tem tido pé quente e é o melhor marcador da selecção de "nuestros hermanos", com cinco golos.

Mas esta final europeia tem mais momentos inéditos. Pela primeira vez, duas equipas "virgens" lutam pelo título de melhor do Mundo. A Holanda, ao contrário da Espanha, já tinha conseguido alcançar a final, em 1978, mas foi batida pela Argentina, por 3-1.

Os factos inéditos continuam. Além de ter sido a primeira vez que o continente africano recebeu a prova, com a África do Sul como palco, é também a primeira vez que uma equipa europeia vence fora do seu continente. Em 19 edições, nenhuma outra selecção conseguiu tal feito.

A final do Mundial 2010, o primeiro em solo africano, está agendada para domingo, às 19:30, onde se irá descobrir quem sucederá à Itália como campeã do Mundo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.