Neymar, já se sabe, é um jogador controverso, e tem gerado inúmeras críticas no Brasil e fora dele pela sua atitude em campo.

Romário viveu essa experiência no Mundial de 1994, ao nunca ter sido um jogador consensual. Também por isso, o antigo dianteiro mostra-se solidário com o compatriota, num texto publicado no 'The Player's Tribune'.

"Sei perfeitamente o que você está sentindo (...) "Ah, claro, todo mundo gosta de dizer que o Baixinho é isso, que foi aquilo ou que sou o cara. Mas a verdade, parceiro, é que até 1993 tinha muita gente que falava mal para c* de mim", pode ler-se.

"Numa boa, faça a sua parte dentro de campo e tente esquecer o resto, todo esse barulho que vem de fora. É o que sempre digo: quem precisa de ter boa imagem é o aparelho de televisão. Continue a não dar importância para o que os outros vão comentar sobre você."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.