Através da sua assessoria de imprensa, o jogador, que esteve presente no Mundial da África do Sul e ainda está de férias no Uruguai, disse estar tranquilo e pediu “respeito” pelo FC Porto.

“O que é preciso dizer é que não estou desesperado para sair do FC Porto. Estou num grande clube, que me tem dado todas as condições para evoluir e não tenho pressa de sair. Tenho grande respeito pelo presidente, pelo clube, pelos adeptos e por muito valorizado que esteja o meu passe, nunca me ouvirão dizer que gostaria de jogar neste ou naquele clube, enquanto for jogador do FC Porto”, disse.

Fucile, contudo, admite “estar preparado para outros desafios profissionais”.

“Se houver alguma coisa, terá de ser boa para todas as partes e o FC Porto tem de sentir-se recompensado. Não sou ingrato e gosto do meu actual clube. Sei que há clubes que estão a demonstrar interesse em contratar-me, o que é bom para mim, porque o Mundial correu-me bem e as pessoas estiveram atentas. Mas, no meio de tudo isto, há um clube com quem tenho contrato e que merece respeito. O meu e o de outras pessoas”, declarou Jorge Fucile.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.