O FC Porto somou esta quarta-feira o terceiro encontro consecutivo sem vencer, cenário que não sucedia desde março de 2010, ao perder com os russos do Zenit por 3-1, na segunda jornada da Liga dos Campeões de futebol.

Os "azuis e brancos", que haviam empatado os dois últimos jogos (0-0 com o Feirense e 2-2 com o Benfica), não ficavam três consecutivos sem qualquer vitória já há ano e meio, quando colecionaram dois empates e uma derrota.

A 28 de fevereiro de 2010, em Alvalade, o FC Porto perdeu com o Sporting por 3-0, no que constituiu também a última derrota portista no campeonato, num jogo da 21.ª jornada da edição de 2009/2010 – seguem-se 45 jogos sem perder.

Uma semana depois, em 06 de março, os "dragões" cederam um inesperado empate caseiro frente ao Olhanense (2-2) e, volvidos mais três dias, disseram adeus à Liga dos Campeões, ao serem goleados no reduto do Arsenal por 5-0, não conseguindo segurar a magra vantagem (2-1) que traziam da primeira “mão” dos oitavos de final.

Curiosamente, a “seca” de triunfos acabou no reduto da Académica, onde o FC Porto, então comandado por Jesualdo Ferreira, venceu por 2-1, para a 23.ª ronda da Liga. Os “dragões” visitam domingo os “estudantes”.

Na presente temporada, o FC Porto somou hoje o terceiro encontro consecutivo sem vencer, ao perder em São Petersburgo, com o Zenit, por 3-1, em encontro da segunda jornada do grupo G da Liga dos Campeões.

A formação portista até marcou primeiro, aos 10 minutos, pelo colombiano James Rodriguez, mas acabou derrotado, depois de, nas duas últimas rondas da Liga ter cedido empates, com o Feirense, em Aveiro, e no Dragão, perante o Benfica.

O FC Porto sofreu também a segunda derrota da época, depois de ter perdido a Supertaça Europeia para o FC Barcelona (0-2 no Mónaco).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.