O Varzim, da Liga de Honra, espera receber uma verba a rondar os 440 mil euros com a transferência de Bruno Alves do FC Porto para o Zenit de São Petersburgo, na qualidade de clube formador do futebolista.

O clube poveiro encarou com agrado a transferência do jogador (por 22 milhões de euros), não só pelo importante encaixe financeiro, mas, sobretudo, por ser mais um caso de sucesso do sector de formação varzinista.

“Fico muito feliz pelo sucesso pessoal do Bruno (Alves), a quem desejo as maiores felicidades, e também por mostrarmos, mais uma vez, o trabalho de qualidade que há muitos anos desenvolvemos na nossa formação”, disse à Agência Lusa o presidente do Varzim, Lopes de Castro.

Bruno Alves, natural da Póvoa de Varzim, alinhou nas camadas jovens do emblema poveiro entre os 12 e 18 anos, tendo daí partido para os juniores do FC Porto.

Segundo os regulamentos da FIFA, por este período de formação do defesa central, o Varzim receberá cerca de dois por cento do valor total da transferência acordada entre o FC Porto e Zenit, por 22 milhões de euros.

Questionado se iria, no imediato, tomar diligências para receber a verba a que o seu clube tem direito, Lopes de Castro lembrou “que existem regras bem definidas sobre o assunto” e, apontando tratar-se de uma transferência entre dois grandes clubes europeus, garantiu que irá “aguardar tranquilamente” pela chegada dinheiro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.