O líder encarnado garantiu esta segunda-feira à Benfica TV que o treinador do SL Benfica, Jorge Jesus, foi assediado por um clube português após sagrar-se campeão nacional pelo clube da Luz. Sem referir nomes e já depois do alegado clube ter contratado um treinador para a próxima temporada, Vieira frisou que Jorge Jesus soube ter a opção certa.

"Ninguém tem dúvidas de que um determinado clube em Portugal o quis contratar. Não foi por acaso que duas ou três semanas depois encontrou um treinador, à pressa. O Jorge [Jesus] foi assediado... mas soube ter a opção certa", afirmou o presidente do SL Benfica, acrescentando: "Ele sabe a dimensão do clube em que está e, para ele, foi importante continuar no Benfica".

"Depois de ser campeão, não faria sentido sair", avançou Vieira, assumindo que o desejo do outro clube em contratar o técnico fez com que o clube da Luz antecipasse a necessidade de “garantir outro tipo de condições” ao treinador, algo que estava já programado.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.