Dia para esquecer para o ganês Emmanuel Frimpong mas também para o combate ao racismo na Rússia. Frimpong, médio do Spartak Moscovo, foi expulso no empate do Spartak diante do Ufa a dois golos (Zé Luís, ex-Braga, marcou um dos golos do Spartak).

O médio ganês não gostou de ouvir insultos racistas vindos das bancadas, onde os adeptos imitaram gritos de macacos depois de uma falta do jogador africano.

Frimpong não gostou e respondeu, mostrando o dedo do meio para a bancada, ao mesmo tempo que proferia algumas palavras. O árbitro viu e mostrou-lhe o vermelho direto.

Este é mais um ato racista a manchar o futebol russo, onde nos últimos anos tem-se tornado quase banais os insultos racistas a jogadores negros.

Veja o vídeo!

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.