A atuação de Vitor Lindelof na 9.ª jornada da Premier League vai ficar marcado na memória do sueco, pelos piores motivos. O ex-Benfica foi lançado por José Mourinho aos 23 minutos, no lugar do lesionado Phill Jones, mas teve uma tarde para esquecer, este sábado: foi ´dobrado` duas vezes por Tom Ince no primeiro golo aos 23 minutos, e no segundo, aos 33, falhou o corte que permitiu a Depoitre (ex-FC Porto) fazer o 2-0 para o Huddersfield Town.

Naquela que foi primeira derrota de Mourinho na Premier League esta época, os adeptos acabaram por ´descarregar` a fúria sobre Lindelof, culpando-o pelo desaire.A imprensa inglesa destacou várias mensagens publicadas pelos adeptos dos ´red devils` nas redes sociais a respeito do sueco.

"É tão mau como Bebé" ou "Devia trabalhar no IKEA e não ser profissional de futebol do Manchester United" foram algumas das críticas destacadas pela imprensa inglesa.

Houve quem considerasse que Vidic ainda faria melhor que o sueco. "Nemanja Vidic, com 36 anos, seria mais útil ao United", escreveu um adepto.

Mourinho recusou atirar as culpas para o sueco de 23 anos. No final do encontro, o técnico do Manchester United.

"O Victor [Lindelof] errou, mas não podemos culpá-lo apenas a ele. Durante o jogo houve vários momentos em que a equipa permitiu erros e um coletivo em dificuldades levou à má exibição. Apenas se a equipa estivesse bem e o Victor mal é que poderíamos acusá-lo. Não foi o que aconteceu", disse o técnico.

Jamie Redknapp também comentou a atuação do ex-central do Benfica. O antigo internacional inglês disse que Lindelof precisa de ajuda e que o staff técnico do United deve apoia-lo neste momento difícil.

"Victor Lindelof deve sentir-se como se estivesse no fundo de um poço, depois dos erros defensivos que cometeu terem resultado nos golos do Huddersfield. Provavelmente, sente que o treinador não o tem em boa conta. Por isso, é fundamental que a equipa técnica do Manchester United trabalhe de perto com ele durante esta semana, para o ajudarem a recuperar a confiança", frisou o comentador, em declarações reproduzidas pelo ´Daily Mail`.

"Lindelof tem apenas 23 anos e irá sentir que tem de justificar aquilo que pagaram por ele. À imagem do que aconteceu com Mkhitaryan na época passada, talvez Lindelof não esteja ainda preparado para a Premier League. Devem dar-lhe tempo para se adaptar e evoluir", concluiu.

O Manchester United atrasou-se ainda mais na perseguição ao Manchester City, ao perder, no sábado, na deslocação ao terreno do vizinho Huddersfield Town por 2-1, em jogo da 9.ª ronda da Premier League. Depoitre, ex-FC Porto marcou o segundo golo dos ´terriers`, depois de Moi dar vantagem à equipa. Rashford minimizou os estragos no United.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.