José Mourinho foi apresentado, esta segunda-feira em Stamford Bridge, nove anos depois da primeira vez que aqui esteve e se intitulou como o ‘Special One’.

Agora, o técnico português diz sentir-se como o “Happy One”, uma vez que está feliz por estar no clube que gosta e em que gostam dele.

«Eu sou o ‘Happy One’. É a primeira vez que chego a um clube onde gostam de mim», começou por dizer.

O treinador diz que nunca rompeu relações com o dono do clube, o russo Roman Abramovich, e que sinal disso mesmo é o seu regresso.

«Estou de volta porque o clube e eu sentimos que estamos prontos para trabalhar outra vez. A relação com Abramovich não se rompeu. Se assim tivesse sido, não estaria aqui hoje», frisou.

José Mourinho diz encontrar um clube onde agora  existe «estabilidade» e onde tem «condições melhores» do que aquelas que lhe foram dadas na sua primeira passagem.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.