A cirurgia a que André Gomes foi hoje submetido, na sequência da fratura com desvio do tornozelo direito sofrida no domingo, correu “extremamente bem” e o futebolista internacional português deverá ter uma “recuperação total”, informou o Everton.

Em nota publicada no sítio oficial na Internet, os ‘toffees’ revelam que o português vai agora passar algum tempo no hospital a recuperar, antes de regressar ao centro de treinos do clube inglês para iniciar o processo de reabilitação sob orientação da equipa médica do Everton.

André Gomes, de 26 anos, lesionou-se no domingo no jogo frente ao Tottenham, da 11.ª jornada da Liga inglesa de futebol, que terminou empatado 1-1.

Aos 78 minutos, o médio foi derrubado pelo sul-coreano Son Heung-Min, acabando por torcer o tornozelo direito no momento em que apoiou a perna no chão.

Son foi sancionado com um cartão amarelo pela entrada, mas o árbitro Martin Atkinson acabou por retificar a decisão e mostrou o cartão vermelho direto ao avançado sul-coreano.

No momento da lesão de André Gomes, o Everton, treinado pelo português Marco Silva, perdia por 1-0, com um golo marcado por Dele Alli, aos 63 minutos, tendo chegado ao empate em período de compensação, aos 90+7, por intermédio do turco Cenk Tosun.

André Gomes integrou a última convocatória da seleção portuguesa, para os jogos frente ao Luxemburgo (vitória por 3-0) e à Ucrânia (derrota por 2-1), para substituir o também lesionado William Carvalho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.