2 de maio de 2016. O Chelsea recebia o Tottenham em Stamford Bridge na 36.ª jornada e era obrigado a vencer para manter a perseguição ao surpreendente líder, o Leicester. Os ´spurs` somavam 69 pontos, contra 76 do Leicester. Num dos dérbis mais quentes de Londres entre ´spurs` e ´blues`, a formação de Mauricio Pochettino tinha tudo bem encaminhado para a vitória, mas uma sucessão de erros deitou tudo a perder.

Naquele jogo, foram mostrados 13 cartões amarelos, nove deles para jogadores do Tottenham. Um ano e meio depois, o já retirado Mark Clattenburg, juiz do encontro, contou o que se passou naquele jogo, apelidado de 'Battle of the Bridge'. O antigo árbitro inglês contou que entrou em campo com um plano: evitar que lhe atribuíssem qualquer responsabilidade numa eventual derrota ou empate do Tottenham.

"Permiti que eles se autodestruíssem de forma a que toda a comunicação social, toda a gente no Mundo dissesse: 'O Tottenham perdeu o título'. Quais é que seriam as manchetes se eu tivesse expulsado três jogadores? 'Clattenburg tirou o título ao Tottenham'. Foi teatro puro que o Tottenham se tenha autodestruído frente ao Chelsea e que o Leicester tenha conquistado o título", contou o ex-árbitro, em entrevista ao programa 'Men in Blazers' da NBC.

Clattenburg contou ainda que, caso tivesse seguido as regras à risca, os ´spurs` teriam terminado o jogo com “sete ou oito jogadores”.

"Eu ajudei, o jogo beneficiou com o meu estilo de arbitrar. Alguns árbitros teriam optado por seguir as regras à risca - e Tottenham acabaria por ficar reduzido a sete ou oito jogadores, provavelmente seria derrotado e teria ali uma desculpa. Mas eu não lhe dei uma desculpa porque o meu plano de jogo era: 'que sejam eles a perder o título'", contou Clattenburg.

De recordar que, com este empate a duas bolas entre Tottenham e Chelsea (Kane e Son Heung-min marcaram para os ´spurs`, Cahill e Hazard para os ´blues`) acabou por consagrar o Leicester como campeão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.