O Arsenal voltou hoje a atrasar-se na luta pelos lugares cimeiros na Liga inglesa de futebol, desta vez com um nulo no terreno do Leeds United, no segundo jogo seguido sem vencer dos ‘gunners’, na nona jornada.

No mítico Elland Road, no norte de Inglaterra, tudo ficou a zero entre dois dos históricos do futebol britânico, que já não se defrontavam para a Premier League desde 2004.

Com Hélder Costa como suplente não utilizado, o Leeds United ficou com boas possibilidades de somar a quarta vitória na prova quando o costa-marfinense Pepe deixou os ‘gunners’ reduzidos a 10 unidades, aos 52 minutos, por agressão a um adversário, mas o guardião germânico Leno manteve o nulo na partida até final, na baliza do emblema londrino.

Com este resultado, o Arsenal segue num impensável 11.º lugar, com 13 pontos, e poderá cair ainda mais na classificação até final da ronda, enquanto o Leeds United está no 14.º posto, com 11.

No primeiro jogo do dia, o Everton, com André Gomes a assistir ao jogo do banco, pôs fim a uma série de quatro jogos sem vencer, incluindo três derrotas, com um triunfo em Londres no campo do Fulham, por 3-2.

O avançado inglês Calvert-Lewin marcou mais dois golos para a formação de Liverpool, aos um e 29 minutos, e passou para a liderança dos melhores marcadores da Premier League, com 10, enquanto Ivan Cavaleiro, que foi titular no Fulham, falhou uma grande penalidade durante a segunda parte.

O Everton é sexto classificado, com 16 pontos, enquanto o Fulham é 17.º, com quatro, apenas um acima da zona de despromoção.

Em crise total está o Sheffield United, a equipa sensação da última temporada, que continua no último lugar, com apenas um ponto e sem qualquer vitória em nove jogos. Hoje, foi derrotado em casa pelo West Ham, por 1-0.

Às 20:00, o Leicester City, que iniciou a ronda como líder isolado, tenta manter esse estatuto no campo do campeão Liverpool e ultrapassar o Tottenham, de José Mourinho, que no sábado subiu à condição ao primeiro lugar, depois de bater o Manchester City (2-0).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.