O ex-futebolista Steven Gerrard continua a ‘dar cartas’ desde que assumiu há menos de um mês o Aston Villa, com a equipa a vencer hoje o Leicester, por 2-1, em jogo da 15.ª jornada da Liga inglesa.

Nos quatro jogos à frente dos ‘villans’, Gerrard apenas viu a equipa não resistir ao campeão, e líder do campeonato, Manchester City, vencendo o Brighton, o Crystal Palace e hoje o Leicester, que igualou no 10.º lugar.

Em jogo no Villa Park, a equipa esteve a perder por 1-0, com os ‘foxes’ a marcarem por intermédio de Harvey Barnes, aos 14 minutos, mas pouco depois Konsa igualou, aos 17, e ainda antes do intervalo o Aston Villa teve um golo anulado pelo vídeoárbitro.

Já na segunda parte, Konsa acabou por se tornar o homem do jogo, ao bisar aos 54 minutos, num jogo em que Brendan Rodgers deixou pela primeira vez esta época Vardy no banco.

O melhor marcador da equipa e segundo na Liga, com nove golos, apenas entrou aos 65 minutos, enquanto o lateral Ricardo Pereira não esteve na ficha de jogo, por se encontrar lesionado.

Mais cedo na ‘Premier’, o Manchester United venceu o Crystal Palace (1-0) na estreia do treinador alemão Ralf Rangnick, que contou de início com Cristiano Ronaldo, Bruno Fernandes e Diogo Dalot.

O United subiu à condição ao sexto lugar – o Arsenal apenas visita na segunda-feira o Everton -, enquanto o quinto posto, com mais um ponto, é ocupado pelo Tottenham, que goleou hoje o Norwich (3-0) e também pode ser ultrapassado pelos ‘gunners’.

A liderança pertence ao Manchester City, que assumiu o comando no sábado, com mais um ponto do que o Liverpool e dois do que os Chelsea, depois de vencer fora o Watford, e beneficiar da derrota dos ‘blues’ na visita ao West Ham (3-2).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.