O Burnley prometeu na noite desta segunda-feira afastar do seu estádio os autores do slogan ‘White Lives Mater Burnley', exibido por um avião durante o jogo da Liga inglesa de futebol entre aquele clube e o Manchester City. Depois do apito final, Ben Mee, defesa do Burnley, admitiu que sentia vergonha do sucedido.

"Podemos falar de futebol, mas gostava de falar sobre um assunto importante primeiro. Estou envergonhado com a mensagem que os nossos adeptos fizeram sobrevoar. Não percebem nada do que está a acontecer. Os autores do avião precisam de se educar e chegar ao séc. XXI", disse o jogador.

Minutos depois do início da partida da 30ª jornada da Liga inglesa de futebol em Manchester, e já depois de os jogadores das duas equipas e os árbitros terem colocado os joelhos no chão num gesto de solidariedade para com o movimento ‘Black Lives Matter', o avião deu várias voltas no céu, exibindo o ‘slogan' ‘White Lives Mater Burnley' (‘Vidas de brancos contam, Burnley’) antes de se afastar.

A tarja que sobrevoou o Etihad
A banner reading 'White Lives Matter Burnley' is towed by a plane above the stadium during the English Premier League football match between Manchester City and Burnley at the Etihad Stadium in Manchester, north west England, on June 22, 2020. (Photo by Shaun Botterill / POOL / AFP) / RESTRICTED TO EDITORIAL USE. No use with unauthorized audio, video, data, fixture lists, club/league logos or 'live' services. Online in-match use limited to 120 images. An additional 40 images may be used in extra time. No video emulation. Social media in-match use limited to 120 images. An additional 40 images may be used in extra time. No use in betting publications, games or single club/league/player publications. / créditos: AFP or Licensors

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.