"Quando 90 ou 95 por cento do teu país tem dúvidas sobre ti, é muito difícil evitar que isso não se intrometa nos teus pensamentos. A minha saúde mental desmoronou-se". A frase é de Tyrone Mings, internacional inglês e vice-campeão europeu de futebol em junho.

Em entrevista ao jornal inglês 'The Sun', o central do Aston Villa revelou que o Euro2020 foi muito difícil para ele do ponto de vista mental. Mings teve mesmo de recorrer à ajuda de um psicólogo para lidar com a pressão.

"Estive mal antes do primeiro jogo, com a Croácia. Quando 90 ou 95 por cento do teu país tem dúvidas sobre ti, é muito difícil evitar que isso não se intrometa nos teus próprios pensamentos. Foi difícil. Realmente não dormi muito bem antes do primeiro jogo. Não tenho vergonha em admitir isto porque havia muitas incógnitas sobre mim antes desse primeiro jogo. Provavelmente eu era o único [da equipa inglesa] sobre quem toda a gente pensava 'não estou estou seguro sobre ele'. E isso foi algo que tive de superar", confessou ao 'The Sun'.

Tyrone Mings foi titular na seleção inglesa nos jogos frente a Croácia e Escócia na fase de grupos, no lugar do lesionado Harry Maguire.

A pressão foi tanta que o central e 28 anos teve de pedir ajuda a especialistas para lidar com o momento: "Deram-me mecanismos para lidar com isto, como respirar, meditar ou simplesmente aprender a entrar no momento presente", contou Mings, garantindo que está mais "fortalecido contra as influências externas".

A saúde mental é um dos temas pouco abordados no mundo do desporto. Mas depois de Simone Biles, estrela mundial da ginástica, ter abdicado de participar em várias provas nos Jogos Olímpicos por não se sentir mentalmente preparada, muitos atletas têm revelado os seus dramas ao longo da carreira. Os desabafos da norte-americana ajudaram Mings a sentir-se mas à vontade para falar do seu problema.

"Com ela vimos que é possível falar da forma como te sentes e, com sorte, sentires-te apoiado por muitas pessoas", desabafou Tyrone Mings.Tyrone Mings

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto