O Chelsea emitiu um comunicado esta terça-feira, no qual dá conta de que baniu adeptos do Manchester United de entrarem em Stamford Bridge, antes e durante o jogo de terça-feira com os 'red devils', devido a "cânticos homofóbicos inaceitáveis".

"Um grupo alargado de adeptos do Manchester United entoou cânticos homofóbicos. Alguns destes apoiantes da equipa visitante foram impedidos de entrar no estádio e outros foram expulsos no decorrer da partida", pode ler-se no comunicado.

O clube londrino acrescenta que está a trabalhar em conjunto com o Manchester United, de forma a banir permanentemente estas pessoas dos estádios ingleses.

"Este tipo de comportamento não é tolerável pelo Chelsea. Esses adeptos estão impedidos de entrar em Stamford Bridge no futuro e passámos os detalhes sobre esses adeptos ao Manchester United para que possam tomar as devidas ações. O Chelsea é um clube inclusivo e com diversidade e vai tomar sempre medidas contra qualquer tipo de discriminação", diz o comunicado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.