O Blackpool, que partiu para a quinta jornada no quarto lugar, foi goleado por 4-0, resultado que confere aos campeões de Carlo Ancelotti o impressionante registo de 39-1 em golos nos últimos nove jogos da Liga (21-1 esta época mais quatro desafios da passada): o West Ham, que sábado fez o primeiro ponto, foi o único a marcar aos “blues”.

Com Paulo Ferreira a titular, Kalou (02 m), Malouda (12 e 41), Drogba (30) materializaram os golos do Chelsea, que já leva quatro pontos de avanço para o Arsenal e Manchester United.

Com Nani (Manchester United) e Raul Meireles (Liverpool) também no “onze”, Berbatov foi a grande estrela do desafio com golos aos 42, 59 e 84 minutos.

Os pupilos de Roy Hogdson estiveram a perder 2-0, mas regressaram ao jogo com tentos do “capitão” Steve Gerrard (64, de penalti, e 70), no entanto insuficientes face ao cabeceamento decisivo do búlgaro, numa altura em que Meireles (79) já tinha sido substituído.

Nani assistiu para o segundo golo de Berbatov, enquanto Raul Meireles participou no lance do segundo tento de Gerrard.

Com o “hat-trick”, Berbatov tornou-se o primeiro futebolista do United em 64 anos a marcar num único jogo três golos ao rival.

O Manchester United igualou assim o Arsenal no segundo posto a quatro do Chelsea, enquanto o Liverpool, com mau início de época, é apenas 16º com somente cinco.

O Manchester City foi vencer ao terreno do modesto Wigan por 2-0, com golos de Carlos Tevez (43) e Yaya Touré (71).

O City subiu assim ao quarto lugar com oito pontos, a par do Tottenham, enquanto o Wigan está em antepenúltimo com apenas quatro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.