Os advogados de Kepa depositaram os 80 milhões da sua cláusula de rescisão na conta da Liga Espanhola. De acordo com o jornal Marca, o depósito foi feito esta quarta-feira, numa operação onde estiveram os advogados do Chelsea, do jogador e do Atlhetic Bilbao, seu atual clube.

O guarda-redes de 23 anos deverá viajar esta quarta feira para Londres para fazer os habituais exames médicos no Chelsea, onde deverá ser oficializado nas próximas horas.

O valor pago pelos londrinos fará de Kepa o guarda-redes mais caro da história do futebol, poucos dias depois de Alisson ter batido esse recorde, ao trocar a AS Roma pelo Liverpool por 62,5 milhões de euros. Antes o recorde estava nas mãos de 'Gigi' Buffon, quando a Juventus pagou 52 milhões de euros ao Parma pelo internacional italiano. Um recorde que vinha desde 2001. Em Inglaterra, o recorde era de Ederson (vindo do Benfica) que custou 40 milhões de euros ao Manchester City.

Maurizio Sarri quer que o jogador esteve apto o mais cedo possível, para que possa ser utilizado na estreia na Premier League, frente ao Huddersfield Town fora de casa, sábado, às 15 horas.

A chegada de Kepa a Stamford Bridge implica a saída de Courtois. O guarda-redes belga ainda não se apresentou ao clube, após participação no Mundial, o que lhe valeu uma multa. Courtois está a fazer pressão para ser vendido ao Real Madrid, algo que o Chelsea irá aceitar. Os 'blues' deverão receber Mateo Kovacic.

De recordar que o mercado em Inglaterra fecha esta quinta-feira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.