O Chelsea manteve hoje a desvantagem de seis pontos para o comandante da Liga inglesa de futebol, o Manchester United, ao receber e vencer o West Ham por 3-0, em encontro da 34.ª jornada da prova.

Depois de os "red devils" terem-se desembaraçado com mais dificuldades do que as esperadas do Everton por 1-0, a equipa de Paulo Ferreira, Bosingwa e Hilário não podia ceder terreno e,também com dificuldades, embora o resultado não o deixe transparecer, venceu um West Ham cada vez mais aflito.

O golo de Frank Lampard deu a vantagem aos "blues" mesmo no final do primeiro tempo, mas o momento alto do encontro estava guardado para os 83 minutos, quando Fernando Torres estreou-se finalmente a marcar pelo Chelsea, enquanto Malouda, já nos descontos, fechou a contagem.

Um golo de Hernandez, a apenas seis minutos do fim, garantiu hoje mais um triunfo ao Manchester United, que recebeu e venceu o Everton por 1-0, vitória deixou os “red devils” ainda mais perto do título inglês, detendo a equipa de Alex Ferguson seis pontos de vantagem sobre o Chelsea.

Com Nani a titular, o Manchester exerceu grande domínio sobre o Everton ao longo de todo o encontro, mas encontrou um Tim Howard em grande forma, guarda-redes que defendeu praticamente tudo o que foi à baliza.

No entanto, Howard foi impotente para travar o remate de cabeça de “Chicharito” Hernandez, que correspondeu da melhor maneira ao cruzamento ao segundo poste de Valência, tendo o jovem mexicano anotado o seu 12.º golo na prova e o 19.º em todas as competições.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.