O Manchester City, vice-campeão em título, entrou hoje muito bem na Liga inglesa de futebol, goleando em casa o Newcastle (4-0), no que foi a estreia em jogos oficiais do treinador chileno Manuel Pellegrini.

O City consegue mesmo melhor resultado do que os rivais Manchester United, atual campeão, e Chelsea, de novo treinado por José Mourinho, pelo que é o primeiro líder do campeonato inglês, por diferença de golos.

Com uma exibição de grande classe, a equipa de Pellegrini, ex-técnico do Málaga, impressionou e afirma-se como forte candidata a reconquistar o título e a fazer uma boa campanha na Liga dos Campeões.

A meio campo, o marfinense Touré é o "motor" de uma equipa com grande sentido ofensivo e em que pontifica o bósnio Dzeko - que esta segunda-feira até ficou em "branco".

Na baliza do Newcastle, Krul fez um jogo grandioso e evitou que o resultado final atingisse um desnível "escandaloso". O que não impediu que por quatro vezes fosse buscar a bola ao fundo da baliza.

Dzeko construiu as jogadas para os dois golos da primeira parte, primeiro aos 6 minutos, com conclusão do espanhol Silva, e depois aos 22, com o argentino Aguero a marcar.

Com a expulsão de Taylor, aos 45+2, o Newcastle - que vira um golo anulado aos nove minutos - ficou reduzido a 10 e ficou claro que não havia mais nada para fazer e que a vitória dos "citizens" ia ser um facto.

De livre direto, Touré fez o 3-0, aos 51 minutos, e o golo que fixou o resultado chegou aos 75 minutos, graças a uma iniciativa do francês Nasri.

Não foi o resultado justo: deveria ter sido 5-0, já que o espanhol Negredo marcou aos 87 um golo que o árbitro entendeu, erradamente, em fora de jogo.

No domingo, o Chelsea venceu por 2-0 o promovido Hull City, com golos do brasileiro Óscar, aos 13 minutos, e Frank Lampard, aos 25, de livre direto.

O campeão Manchester United iniciou no sábado da melhor forma a “era” pós Alex Ferguson, ao vencer por 4-1 no reduto do Swansea, com “bis” do holandês Robin van Persie e de Danny Welbeck.

O treinador David Moyes, contratado ao Everton, orientou o primeiro jogo do United na Premier League sem o comando de Ferguson desde 1986.

Entrada positiva no campeonato também para o Tottenham, do treinador português André Villas-Boas. O reforço espanhol Roberto Soldado apontou de grande penalidade (50 minutos) o tento que deu a vitória no reduto do Crystal Palace, por 1-0.

A Premier League terá na próxima segunda-feira o primeiro jogo grande da época, em Old Trafford, com o Manchester United - Chelsea.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.