Sem surpresa, o Manchester City venceu o dérbi frente ao eterno rival United, por 2-0, e saltou para a liderança da Premier League, estando a um passo de escrever história.

Em jogo em atraso da 31.ª jornada da competição, Bernardo Silva abriu o marcador para os forasteiros aos 54 minutos com um remate colocado de pé esquerdo, após um passe de Gundogan.

Poucos minutos depois, Leroy Sané ampliou a vantagem dos citizens. Sterling arrancou do lado direito do ataque e desmarcou o extremo alemão no lado esquerdo. David de Gea ainda tocou no remate fortíssimo do extremo, mas não impediu o golo.

Com este resultado, o Manchester City subiu à liderança da Premier Legue com 89 pontos e tem um de vantagem sobre o Liverpool, e depende agora de si próprio para conquistar o inédito bicampeonato. O Manchester United que somou a terceira derrota consecutiva em todas as competições (duas para o campeonato e uma para a Liga dos Campeões) ocupa o sexto lugar com 64 pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.