O Arsenal, afetado por “um pequeno número” de casos de infeção pelo novo coronavírus, informou hoje que não irá em digressão aos Estados Unidos, onde deveria participar na Florida Cup de futebol.

“Esta difícil decisão foi motivada pela necessidade de garantir a saúde e o bem-estar dos nossos jogadores e do nosso ‘staff’”, justificou o clube inglês, acrescentando que as pessoas infetadas estão assintomáticas e em isolamento.

Os ‘gunners’, que deveriam no fim de semana defrontar o Inter de Milão, na abertura da Florida Cup, não revelaram se os casos afetam os jogadores do plantel, do qual fazem parte Nuno Tavares, que esteve infetado em janeiro, e Cédric Soares.

Na Florida Cup, competem os também ingleses do Everton e os colombianos do Millonarios, que se devem defrontar na outra meia-final, em jogo agendado para Estádio Camping, em Orlando.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.