Wayne Rooney (Manchester United), Frank Lampard e Ashley Cole (Chelsea) e Steven Gerrard (Liverpool) são alguns dos milionários futebolistas da Liga alvo de investigação, já tendo mesmo sido notificados sobre a mesma.

As averiguações estão a ser direccionadas para os direitos de imagem dos atletas, nomeadamente em camisolas, “posters” e outros objectos de “merchandising”.

Habitualmente, esses pagamentos são feitos a uma empresa criada pelo próprio futebolista, o que significa que esses rendimentos estão sujeitos a um imposto mais baixo do que o seu escalão em IRS, lesando assim o Estado.

Segundo as finanças, os futebolistas em causa, que em média ganham cerca de um milhão de euros anuais - em alguns casos, valores bem mais elevados - estão a lesar o erário público.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.