A opção de Capello aprofunda a convicção de que a carreira de Beckham, agora com 35 anos, pode estar a chegar ao fim.

O técnico italiano justificou a decisão, anunciada após o particular frente à Hungria (2-1), pela necessidade de “fazer mudanças” e chamar “novos jogadores e pensar no futuro” da selecção inglesa.

O Primeiro-Ministro conservador considera que Beckham “é um exemplo incrível para o desporto”, mas não criticou directamente Capello, reiterando que “a função do seleccionador da Inglaterra é ocupar-se da equipa da Inglaterra”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.