O antigo treinador do Manchester United revelou em entrevista ao jornal 'The Telegraph' que o emblema de Old Trafford fez de tudo para garantir a contratação de Gareth Bale junto do Tottenham, mas que o jogador galês acabou por preferir rumar ao Real Madrid.

"Quando cheguei, o meu alvo a sério era Gareth Bale. Sempre achei que ele era o tipo de jogador à Manchester United. Lutei por ele até ao último minuto. Na verdade, oferecemos mais ao Tottenham do que o Real Madrid pagou por ele. Mas o Gareth Bale estava decidido em ir para o Real Madrid. Sempre foi, na minha cabeça, o jogador que quis levar", afirmou o técnico ao referido jornal inglês.

"Outro que quis foi Cesc Fàbregas, que achámos que íamos conseguir até ao último minuto. Por vezes, os negócios não se conseguem. Provavelmente, no caso de Bale estivemos sempre atrás, o Real Madrid estava muito interessado. Já o negócio de Cesc foi uma desilusão. Foi muito perto. E Kroos aconteceu em janeiro. Esteve feito", acrescentou o técnico escocês sobre as contratações falhadas no tempo em que comandou o Manchester United.

"O Manchester United era um clube com grandes tradições, tradições em que tinham uma tendência para contratar treinadores ingleses. Essa tradição já não existe", frisou ainda o atual treinador do Sunderland.

Para terminar, David Moyes afirmou ainda que a forma como o Manchester United abordava o mercado mudou bastante nos últimos anos: "dantes não precisavam de mostrar que tinham 'big balls'".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.