Esta participação está à beira da barreira dos 30 por cento das 62 217 acções do clube, limite que obriga ao lançamento de uma Oferta Pública de Aquisição (OPA).

O conselho de direcção do clube, que tentou por todos os meios frustrar as ambições de controlo da entidade pelo empresário russo do aço Alisher Usmanov, que detém 25 por cento do capital do Arsenal, parece não se opor à compra de acções pelo milionário norte-americano.

O presidente do Arsenal tem garantido sempre que o clube tem um futuro seguro sem necessidade de accionistas estrangeiros, mas a participação de Kroenke no Arsenal é vista como um obstáculo a uma eventual operação pública de aquisição (OPA) hostil do milionário russo

Kroenke, proprietário de três clubes norte-americanos, tinha comprado segunda-feira 10 acções do Arsenal e adquiriu agora mais 20, por um preço de 170 mil libras esterlinas (187 mil euros) o que equivale a 8500 libras (quase 9,4 milhares de euros) por acção.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.