Cesc Fàbregas desmentiu o alegado mau relacionamento dos jogadores do Chelsea com José Mourinho. O médio diz mesmo que foi a equipa que acabou por desiludir o português.

Ainda assim, mantém-se a amizade.

"Muito se disse sobre esse assunto [mau relacionamento de Mourinho com os jogadores] mas grande parte não é verdade. Eu amo Mourinho e considero-o um amigo. Mantemo-nos em contacto, mas disseram-se coisas infelizes. Respeito-o muito", afirmou o jogador espanhol em declarações ao Monday Night Football.

O centrocampista de 28 anos apontou ainda as causas para a saída do técnico.

"O maior problema dele foi confiar de mais nos jogadores. Deu-nos férias extra porque fomos campeões, acreditava mais em nós e, nós, desiludimo-lo - toda a equipa, todos os jogadores. Essa foi a principal razão para, no fim, ter de sair. Todos os jogadores se sentiram mal com isso.", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.