Ferguson disse depois do jogo que pensava que Wiley não estava em forma física adequada para um jogo tão importante e que de vez em quando o árbitro caminhava porque precisava de descansar.

Num depoimento divulgado hoje no site do clube, embora mantendo que a forma física do árbitro não correspondia às exigências do jogo, Ferguson pediu desculpa pelo embaraço pessoal causado a Wiley e por ter tornado público o seu ponto de vista.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.