Durante o fim de semana, Bernardo Silva fez duas publicações dirigidas ao companheiro Benjamin Mendy, em jeito de brincadeira, e acabou por ser acusado de racismo. Segundo os regulamentos da Federação Inglesa de Futebol, o português incorre numa pena de seis jogos de suspensão, caso seja considerado culpado.

Numa das publicações, o jogador do Manchester City colocou uma imagem de Mendy em criança ao lado do logótipo da marca de bombons Conguito com a seguinte pergunta: "Quem é quem?". O colega de equipa levou o 'tweet' como uma brincadeira, respondendo "1-0 para ti, veremos", mas a publicação gerou polémica e o português apagou-a.

Nesta terça-feira, Pep Guardiola saiu em defesa de Bernardo Silva. "A imagem não é sobre a cor da pele. Ele tirou uma foto do Benjamim quando era mais jovem e relacionou-a com este desenho animado, que era bastante semelhante. Se quiserem fazer isso e perguntar ao Bernardo, acho que ele estará aberto para falar", afirmou o técnico dos 'citizens' após a vitória frente ao Preston North End.

"O Bernardo é uma das pessoas mais encantadoras que já conheci na minha vida. Ele fala quatro ou cinco línguas, significa que tem uma mente aberta. O Mendy é um dos seus melhores amigos, são como irmãos", vincou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.