O Manchester City revelou esta manhã que Ilkay Gundogan testou positivo para COVID-19.

O alemão vai ficar em isolamento durante 10 dias, conforme "os protocolos de quarentena da Premier League e do Governo Britânico", escreve o clube na nota publicada no seu site oficial.

O médio de 29 anos é assim baixa certa para o jogo desta noite do Manchester City frente ao Wolverhampton, que marca a estreia dos 'citizens' na Premier League, depois de não terem alinhado na 1.ª jornada devido a terem participado na fase final da Liga dos Campeões.

Com os 10 dias de isolamento, Gundogan deverá falhar também o encontro frente ao Bournemouth, para a Taça da Liga Inglesa (24 de setembro) e a partida frente ao Leicester, para a Premier League (27 de setembro).

A pandemia de COVID-19 já provocou pelo menos 957.948 mortos e mais de 30,8 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

*Artigo atualizado às 11h41

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.