O Arsenal desperdiçou hoje a possibilidade de assumir o comando isolado do campeonato inglês de futebol, ao empatar 0-0 no estádio do Stoke City, em jogo da 22.ª jornada da prova.

As duas equipas criaram várias oportunidades para marcar, mas não conseguiram ultrapassar os guarda-redes Jack Butland, do Stoke, e Petr Cech, do Arsenal, que foram os principais responsáveis pela ausência de golos no estádio Britannia.

O Arsenal poderia ter ultrapassado o Leicester e ficado com dois pontos de vantagem no topo da classificação, mas limitou-se a apanhar na liderança a equipa-sensação desta temporada, que no sábado não tinha ido além do empate 1-1 no estádio do lanterna-vermelha Aston Villa.

Horas antes, um golo do avançado Wayne Rooney, aos 78 minutos, na recarga ao desvio inicial do médio belga Fellaini devolvido pela barra, tinha permitido ao Manchester United impor-se por 1-0 no estádio do Liverpool, que dominou por completo a partida, mas esbarrou no guarda-redes David de Gea.

A equipa de Manchester marcou no primeiro remate à baliza adversária, mas isso foi suficiente para que o treinador holandês Louis van Gaal conquistasse a quarta vitória em quatro jogos entre os dois clubes com mais títulos conquistados em Inglaterra.

O Manchester United, que não ganhava fora de casa desde 21 de novembro de 2015, subiu ao quinto lugar, ultrapassando o West Ham, que perdeu no sábado por 2-1 com o Newcastle, e ficando a apenas dois pontos da zona de acesso à Liga dos Campeões.

O Manchester City ficou a um ponto do duo de líderes, depois de ter vencido no sábado por 4-0 na receção ao Crystal Palace, num encontro em que o avançado argentino Agüero esteve em destaque, ao marcar dois golos e ao fazer a assistência para David Silva fechar o resultado.

A saída de José Mourinho do comando técnico não trouxe melhorias consideráveis ao Chelsea, que também no sábado concedeu mais um comprometedor empate 3-3, depois de ter estado a perder por 2-0, obtido graças a um golo marcado pelo ‘histórico’ John Terry, aos 90+8 minutos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.