No dia 26 de julho, Anthony Martial abandonou o estágio do Manchester United nos Estados Unidos da América para viajar para Paris para assistir ao nascimento do filho. O emblema inglês autorizou a ausência do jogador francês, mas Martial não regressou na data prevista.

Depois da derrota frente ao Liverpool para a International Champions Cup, José Mourinho foi questionado sobre a ausência de Martial. O técnico português afirmou que o jogador "teve um bebé que chegou bonito e cheio de saúde, graças a Deus. Mas já deveria estar aqui e não está".

Além dos jogos com o AC Milan e o Liverpool, Martial falhou já esta madrugada o encontro com o Real Madrid. Depois da partida, Mourinho foi mais uma vez questionado sobre a data de regresso de Martial, mas apenas respondeu "não sei".

Já esta quarta-feira, a imprensa inglesa avançou que José Mourinho e o clube inglês decidiram multar o jogador francês no correspondente a duas semanas de trabalho, ou seja, 200 mil euros. O Manchester United desconfia ainda que Martial não tem cumprido o plano de treino, o que dificulta ainda mais a posição do jogador.

Os jornais britânicos garantem ainda que a atitude de Anthony Martial está ligada à vontade do jogador de abandonar o Manchester United. Até então, o Tottenham era o principal interessado na contratação do jogador de 22 anos, mas os 'reds' não estariam dispostos a negociar Martial com um rival direto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.