Kevin De Bruyne afirmou este sábado, em declarações ao jornal 'Het Laatste Nieuws', que a continuidade nos ingleses do Manchester City não depende do treinador Pep Guardiola.

"Eu penso que Pep [Guardiola] já disse que vai ficar até final do próximo ano, independentemente do que aconteça. Depois o contrato termina. Temos de esperar, mas não vou tomar uma decisão baseado no que ele faça. Eu já trabalhei com outros treinadores. Quando Pep sair, tenho de continuar a trabalhar com alguém", referiu o internacional belga de 28 anos.

O médio dos 'citizens', que está na quinta temporada ao serviço do emblema de Manchester, admitiu ainda que recebeu algumas propostas para deixar o clube.

"Nos últimos anos, muitos clubes consultaram e perguntaram sobre os meus planos futuros, mas estou feliz no Manchester City. Jogo numa das melhores equipas do mundo, jogo em Inglaterra, do meu ponto de vista competitivo a melhor liga", salientou.

Recorde-se que Kevin De Bruyne tem contrato válido com o Manchester City até 2023, ao passo que Pep Guardiola termina o vínculo com os 'citizens' no próximo ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.