Um dia depois de ter sido despedido do Everton, Ronald Koeman deixou uma mensagem de despedida dos 'toffees' nas redes sociais, onde mostrou a sua desilusão com o sucedido.

"Gostaria de agradecer a Bill Kenwright [presidente], Farhad Moshiri [acionista] e à direção do Everton pela oportunidade de ter treinado um grande clube, e também aos fãs pelo seu apaixonante apoio dado ao clube", afirmou o técnico holandês no Twitter.

"Naturalmente, estou desapontado neste momento, mas desejo boa sorte à equipa no futuro", disse ainda.

Koeman, de 54 anos, não resistiu aos maus resultados da equipa, que ocupa a antepenúltima posição da Premier League, com apenas oito pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.