O Manchester City foi até Londres vencer o Chelsea por 3-1, na 17.ª jornada da Premier League. Os 'citizens' fizeram uma grande exibição e construíram o resultado no primeiro tempo. Uma exibição que agradou e muito Pep Guardiola.

"Temos o mesmo treinador, o mesmo staff, os jogadores são os mesmos e as ideias são completamente as mesmas. A forma como vencemos campeonatos, títulos e outras coisas é como jogámos hoje. O ritmo que perdemos no passado recuperámos hoje", elogiou o técnico do City, em declarações à 'Sky Sports'.

O jovem médio Phil Foden esteve em evidência, com um golo e uma assistência, numa exibição que colheu elogios de Pep Guardiola.

"Estou muito orgulhoso. Nunca baixou o nível de energia e pode jogar na frente em quatro posições. Tem sentido de golo e apontou um golo fantástico. Acreditamos muito nele. Vai ser um jogador de topo, porque também é muito esperto e calmo. Fez mais uma grande exibição", elogiou.

Já Frank Lampard, treinador do Chelsea, não gostou nada do primeiro tempo dos 'blues'.

"Cometemos erros, erros individuais e o City puniu a minha equipa. Para chegar ao nível em que está o City é preciso saber lidar com a pressão. Não estou a rebaixar a minha equipa. Sou o homem que tem de alertar que é preciso trabalhar mais. A nossa primeira parte foi dolorosa e vimos que é ao nível de jogo do Manchester City que temos de aspirar. Na segunda parte vi a reação dos meus jogadores, mas é preciso mais trabalho", lembrou o técnico dos londrinos.

Em Stamford Bridge, os 'citizens' tiveram um arranque avassalador e, em 16 minutos (entre o 18.º e o 34.º), fizeram os seus três golos, a que o Chelsea só respondeu mesmo no fim da partida.

Gundogan (18), Foden (21) e Kevin de Bruyne (34) firmaram os golos dos visitantes, absolutamente brilhantes no contra-ataque e a explorar erros do adversário. O golo de honra do Chelsea foi de Hudson-Odoi, aos 90+2.

O City jogou com três portugueses no onze inicial - Bernardo Silva foi o homem mais avançado na frente do ataque, Ruben Dias esteve no centro da defesa e João Cancelo alinhou na lateral-direita, tendo os três cumprido os 90 minutos.

Após 17 jornadas, mas ainda com vários jogos em atraso, Liverpool e Manchester United têm 33 pontos, Leicester 32, Manchester City, Tottenham e Everton 29, no que é um dos mais equilibrados campeonatos dos últimos anos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.