O Leicester sofreu esta sexta-feira uma pesada derrota em casa por 4-2 frente ao Newcastle, na abertura da 35.ª jornada da Liga inglesa de futebol, e complicou as contas de apuramento para a Liga dos Campeões.

O Newcastle esteve a vencer por 4-0, a um quarto de hora do fim, mas o Leicester, que já na ronda anterior não fora capaz de vencer em Southampton a jogar em superioridade numérica desde os 10 minutos, conseguiu atenuar o peso da derrota com dois golos, aos 80 e 87 minutos, pelo médio Marc Albrighton e pelo avançado nigeriano Kelechi Iheanacho.

A equipa orientada por Steve Bruce chegou ao intervalo já a vencer por 2-0, graças aos golos do médio Joseph Willock e do central galês Paul Dummett, aos 22 e 34 minutos, respetivamente, e ampliou a vantagem com um ‘bis’ do avançado Callum Wilson, aos 65 e 74.

Com este triunfo, o Newcastle segue em 13.º lugar, com 39 pontos, que é a pontuação máxima a que pode chegar o Fulham, que está em 18.º lugar, o primeiro abaixo da zona de despromoção, com 27, razão pela qual lhe fica a faltar apenas um ponto nos três jogos que lhe restam para cumprir para assegurar a continuidade na Premier League.

Por seu lado, o Leicester arrisca-se a ser ultrapassado no sábado pelo Chelsea no terceiro lugar, caso a formação londrina consiga ir a Manchester bater o City, de Pep Guardiola, uma tarefa que se afigura complicada, tendo em conta o poderio da equipa onde alinham os portugueses Rúben Dias, João Cancelo e Bernardo Silva, à qual lhe basta vencer para se sagrar campeã de Inglaterra.

O jogo entre City e Chelsea será também um ‘aperitivo’ para a final da Liga dos Campeões, que as duas equipas vão disputar em 29, muito provavelmente sem ser em Istambul, na Turquia.

De resto, a luta pelos quatro primeiros lugares, de acesso à Liga dos Campeões, mantém-se acesa quando faltam quatro jornadas para o final do campeonato, visto que o West Ham, o Tottenham e o Liverpool ainda acalentam hipóteses de lá chegar.

O Manchester City lidera com 80 pontos (34 jogos), seguido do Manchester United, com 67 (33), do Leicester, com 63 (35), do Chelsea, com 61 (34), do West Ham, com 58 (34), do Tottenham, com 56 (34), e do Liverpool, com 54 (33).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.