A liga inglesa de futebol anunciou hoje que distribuiu pelos 20 clubes mais de 1.600 milhões de libras (cerca de 2.200 milhões de euros) relativas aos direitos de transmissão televisiva.

Segundo o organismo, o Chelsea, clube treinado por José Mourinho e que se sagrou campeão, recebeu quase 135 milhões de euros por ter conquistado o título e outros 135 pela qualificação direta para a próxima edição da Liga dos Campeões.

Já o Queens Park Rangers, lanterna-vermelha, encaixou, mesmo assim, quase 90 milhões de euros.

“O mecanismo de distribuição das receitas é o mais equitativo entre as grandes ligas europeias e tem como base o acordo dos membros fundadores da ‘Premier League’, em 1992”, refere o comunicado do organismo.

Metade das receitas angariadas na época é distribuída em partes iguais entre os 20 clubes. Um quarto fica diretamente associado ao mérito desportivo e classificação final, enquanto o restante respeita ao número de jogos transmitidos em direto, num mínimo de dez.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.