Jake Livermore acusou o consumo de cocaína num teste antidoping realizado em abril. O internacional inglês de 25 anos foi suspenso por oito meses mas não será punido com a pena de dois anos, previstos nestes casos. Quem o garante é o jornal inglês "Express".

De acordo com o mesmo jornal, Livermore passou a consumir consumia depois da morte do seu filho recém-nascido. Este facto foi tido como atenuante, o que levou a federação inglesa a perdoar o jogador inglês.

Jake Livermore está contratualmente ligado ao Hull City que pagou sete milhões de euros ao Tottenham pelo médio em julho do ano passado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.