O Liverpool teve de correr atrás do prejuízo na receção ao Sheffield United, mas acabou por vencer 2-1 graças a golos de Firmino e do português Diogo Jota.

O primeiro golo da partida saiu dos pés de Berge, depois da marcação de uma grande penalidade por falta de Fabinho sobre McBurnie, ficando a dúvida se a falta terá acontecido ou não no interior da área. O norueguês não desperdiçou e assinou o 1.º aos 13 minutos.

Ainda antes do intervalo, os 'reds' chegaram à igualdade ao minuto 41, com Firmino a aproveitar a defesa incompleta do guarda-redes do Sheffield a cabeceamento de Mané para assinar o 1-1.

O golo da reviravolta surgiu pela cabeça de Diogo Jota aos 64 minutos, já depois do Liverpool ter visto o VAR anular um golo a Salah. Cruzamento de Mané pela esquerda e o avançado português a surgir na zona central da área para cabecear para o fundo das redes.

O Liverpool sobe ao segundo lugar da Premier League com 13 pontos, os mesmos que o Everton que ainda joga esta jornada. Já o Sheffield United segue na penúltima posição com apenas um ponto em seis jogos.

Nos outros jogos do dia em Inglaterra, o Manchester United e o Chelsea empataram a zero e atrasaram-se ainda mais na luta pelos lugares cimeiros, na estreia de Edinson Cavani pelos ‘red devils'.

Em Old Trafford, o internacional português Bruno Fernandes foi titular na equipa da casa, mas desta vez ficou em branco, num encontro em que a principal figura foi o guarda-redes do Chelsea, o senegalês Édouard Mendy, que manteve o nulo até final.

Com este resultado, o Chelsea segue no sexto posto, com nove pontos, enquanto o Manchester United está num surpreendente 15.º posto, com sete.

Por seu turno, o Manchester City (12.º), que contou com os internacionais portugueses Rúben Dias, João Cancelo e Bernardo Silva a titulares, empatou na deslocação ao campo do West Ham (11.º), com o atacante Michail Antonio a marcar aos 18 e Phil Foden a empatar para a formação orientada por Guardiola, após assistência de Cancelo.

Já num dos dérbis de Londres, o Crystal Palace foi ao campo do Fulham, último classificado, vencer por 2-1 e subiu provisoriamente ao quinto posto, com 10 pontos.

O costa-marfinense Zaha, com um golo e uma assistência, esteve em destaque no Palace.

*artigo atualizado às 23h51
**com Lusa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.