Mino Raiola, empresário de Romelu Lukaku, partilhou uma história relacionada com o avançado belga, cuja robustez e força física chegaram a causar suspeita durante a sua juventude.

"Recordo que a mãe [de Lukaku] contou-me que tinha de ir para os jogos com o certificado de nascimento. Os outros pais não acreditavam que tivesse 12 ou 14 anos, ainda mais quando marcava três ou quatro golos... Era grande e forte fisicamente, é verdade, mas diziam que não tinha aquela idade, que não tinha nascido na Bélgica. Então a mãe mostrava o certificado", contou Raiola ao jornal sueco 'Expressen'.

"As pessoas dizem que não há discriminação, mas os jogadores negros têm outro tratamento. Acaba por ser uma discriminação consciente. Quando me perguntam algo sobre um jogador negro, perguntam sempre se é como Pogba, Balotelli, Lukaku. Nunca ouvi uma pergunta: É como Toivonen? É igual a Ibrahimovic? É igual a Beckham? Os jogadores negros são colocados à parte", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.