O Manchester City explicou hoje que a sua equipa sub-21 abandonou terça-feira o encontro particular com o HNK Rijeka, devido a insultos racistas ao seu futebolista francês Seko Fofana.

O alegado incidente ocorreu pouco antes do intervalo do encontro, disputado na cidade de Novigrad, tendo o treinador da formação sub-21 do City, o antigo internacional francês Patrick Vieira, decidido retirar a sua equipa do campo.

Aos 44 minutos, Fofana, de 19 anos, tinha sido expulso com cartão vermelho direto por “um incidente ocorrido sem a bola em campo”, explica o clube inglês na sua conta de Twitter.

O HNK Rijeka, que vencia por 1-0, negou entretanto que algum dos seus jogadores tenha agredido verbalmente o médio francês.

Em comunicado, o clube inglês explicou que os seus representantes estão em contacto com os dirigentes do clube de Rijeka e da Associação de Futebol da Croácia para debater o assunto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.