O Manchester City anunciou este sábado que cedeu o uso do Etihad ao SNS inglês (NHS), dando acesso total aos profissionais de saúde para a utilização do estádio.

A cedência será por tempo indeterminado e a primeira utilização terá lugar já na próxima semana, com o estádio a acolher uma ação de formação para o staff envolvido na linha da frente do tratamento da COVID-19.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 600 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram quase 28.000. Dos casos de infeção, pelo menos 129.100 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia. Vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.