A equipa orientada por Alex Ferguson, que voltou a atribuir a titularidade ao português Nani, pode, no entanto, regressar ao segundo posto no domingo, caso o Chelsea vença o em casa o Arsenal, no grande confronto desta ronda.Os tricampeões ingleses agudizaram a crise do Portsmouth, também em sérias dificuldades financeiras, com cinco golos sem resposta, três deles apontados na própria baliza.

O Manchester United embalou a cinco minutos do intervalo, graças ao tento inaugural de Wayne Rooney na baliza certa.

Uma infelicidade do belga Vanden Borre, que marcou na própria baliza em cima dos 45 minutos, dilatou a vantagem dos anfitriões. O azar seria repetido aos 59, com novo golo na baliza errada do escocês Richard Hughes.

Após o búlgaro Dimitar Berbatov ter dilatado a vantagem do United para 4-0 três minutos depois, mais um infortúnio de um jogador do Portsmouth, desta feita o irlandês Mark Wilson, fechou o resultado aos 69 minutos.

Antes, no "derby" de Liverpool entre os "reds" e o Everton, os donos de Anfield bateram o adversário do Sporting nos 16 avos de final da Liga Europa por 1-0, com o golo solitário a ser marcado por Dirk Kuyt 10 minutos depois do intervalo.

Os forasteiros, que entraram para a ronda 25 no nono lugar, não foram capazes de tirar partido da expulsão de Kyrgiakos, que deixou os "reds" em inferioridade numérica logo aos 34 minutos.

O Everton, que esta época já perdeu duas vezes com o Benfica para a Liga Europa (0-5 na Luz e 0-2 em casa), recebe o Sporting a 16 de Fevereiro e desloca-se a Alvalade a 25 do mesmo mês.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.