O Manchester United teve um prejuízo recorde de 83,6 milhões de libras (95,5 milhões de euros) no último exercício fiscal, terminado a 30 de Junho, anunciou o clube britânico de futebol.

Os resultados operacionais ultrapassaram pela primeira vez os 100 milhões de libras (114 milhões de euros) e o volume de negócios atingiu o valor recorde de 286,4 milhões de libras (327,3 milhões de euros).

Os prejuízos registados no último exercício são uma inversão dos 25,5 milhões de libras (29,2 milhões de euros) de lucros verificados no ano fiscal precedente, em que o Manchester United beneficiou da receita extraordinária da venda do português Cristiano Ronaldo ao Real Madrid por 80 milhões de libras (91,5 milhões de euros).

A temporada passada foi marcada por protestos crescentes contra os donos norte-americanos do clube, a família Glazer, tendo o altamente endividado Manchester United a falhar o quarto título consecutivo da liga.

O Manchester United é o clube onde jogam os futebolistas portugueses Nani e Bebé.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.