O Manchester United anunciou hoje receitas anuais recorde de 539,6 milhões de euros em 2013/2014, o que representa um crescimento de 19 por cento face a 2012/2013, apesar dos desaires desportivos da última época na liga inglesa de futebol.

Na época 2013/2014, a primeira depois da saída do treinador Alex Ferguson (que esteve 26 anos à frente do clube), o Manchester United terminou em sétimo lugar na Premier League, ficou de fora das competições europeias e acabou por despedir o substituto de Ferguson, David Moyes.

No entanto, comercialmente, o clube continua campeão. As receitas de patrocínios do United cresceram 49 por cento - ajudadas pelo negócio de dez anos com a Adidas no valor de 930 milhões de euros.

"Estamos muito contentes com os resultados que atingimos no ano fiscal de 2014, já que uma vez mais conseguimos gerar receitas recorde", disse o vice-secretário-geral executivo Ed Woodward.

O clube registou lucros de 30 milhões de euros, ajudado também pela venda de dois milhões de réplicas de camisolas oficiais em todo o mundo.

O United espera uma quebra nas receitas deste ano (uma descida entre os 480 e os 492 milhões de euros), em parte devido à não participação na presenta edição da Liga dos Campeões de futebol.

Ainda assim, apesar da ausência nas competições europeias, o Manchester United investiu cerca de 187 milhões de euros em contratações, incluindo um valor recorde de 75 milhões de euros no internacional argentino Angel di Maria (ex-Real Madrid).

Por outro lado, o clube assinou um contrato de empréstimo por uma época com o internacional colombiano Falcao, que deverá custar quase 30 milhões de euros (salário incluído).

As contas divulgadas hoje indicam também que o clube de Manchester pagou 6,4 milhões de euros de indemnização ao treinador David Moyes e aos elementos da sua equipa técnica, afastados em abril.

Após os três primeiros jogos oficiais na Premier League, o Manchester United ainda não ganhou e já foi eliminado da Taça da Liga inglesa após uma goleada de 4-0 frente ao Milton Keynes Dons, da terceira divisão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.