Na imagem principal, em grande, podemos ver o pé de Santi Cazorla, que quase perdeu o pé direito ao após oito operações e uma infeção.

Os médicos tiveram de retirar oito centímetros de tendão e, posteriormente, realizar um excerto de tecido, usando para isso uma parte da pele do braço onde estava tatuado o nome da filha.

O internacional espanhol, continua a recuperação em Salamanca, enquanto a família continua em Londres.

Apesar da impressionante lesão, o jogador do Arsenal espera voltar aos treinos em janeiro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.