O internacional sérvio do Manchester United recordou a importância de Jorge Jesus na evolução da sua carreira enquanto jogador, e recordou o desafio lançado pelo técnico do Sporting para o transformar num médio defensivo.

Em declarações à revista do Manchester United 'United Inside', Nemanja Matic falou sobre a importância de Jorge Jesus na sua evolução.

"Quando comecei a jogar futebol, o meu sonho era jogar como médio ofensivo e marcar golos. Conforme fui lentamente crescendo comecei a recuar no terreno e, quando cheguei ao Benfica, o treinador Jorge Jesus disse-me que não teria hipóteses de jogar como médio de ataque", começou por dizer Matic à referida publicação.

"Tínhamos muitos jogadores melhores do que eu naquela posição, como o Pablo Aimar e o Saviola. Por isso era difícil para mim e ele disse que, se eu quisesse jogar, então a posição 6 do meio-campo estava disponível para mim, e que me poderia tornar um dos melhores do mundo. Comecei a trabalhar no duro, a ouvi-lo e, passo a passo, fui melhorando. Como se pode ver hoje em dia, estou no Manchester United e estou feliz por ter mudado de posição", revelou Matic.

"Talvez o treinador tenha achado que a minha altura era um problema quando na verdade era a minha qualidade [risos]. Aimar e Saviola eram muito baixos, mas extremamente bons tecnicamente e tinham uma qualidade fantástica", sentenciou o médio sérvio do Manchester United.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.