Atualmente ao serviço da Roma, Henrikh Mkhitaryan recordou a passagem conturbada pelo Manchester United, em 2016/17, onde foi treinado por José Mourinho. Em entrevista a um canal de YouTube, o internacional arménio admite que o português foi "o treinador mais difícil" que apanhou.

"Sem dúvida, Mourinho foi o técnico mais difícil que apanhei. É um vencedor por natureza. Quer que ganhes e tens de fazer tudo o que for pedido. É difícil para qualquer jogador. Tivemos algumas divergências e conflitos, mas isso não travou o bom trabalho e os troféus apareceram. Mourinho pediu-me para treinar mais, é verdade. Tudo começou ali. O meu pensamento foi: 'não posso fazer mais nada. Trabalho, ajudo a equipa, marco e, mesmo assim, continua insatisfeito", revelou o médio-ofensivo.

Mkhitaryan partilhou ainda uma conversa que teve com Mourinho ao pequeno-almoço: "Um dia, enquanto comia, Mourinho chegou à minha beira e disse-me: 'a imprensa critica-me por tua causa'. Eu respondi: 'a sério, mister? Não faço de propósito'. Nessa altura, no United, havia paparazzis três vezes por semana. Apanhavam-te a entrar no carro, sabiam como ias vestido... Quando chegavas para treinar já lá estavam. Todos os nossos passos eram controlados."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.